No sufoco, Uruguai vence Egito na estreia com gol de zagueiro - Tupi Martim

Resumo

sexta-feira, 15 de junho de 2018

No sufoco, Uruguai vence Egito na estreia com gol de zagueiro

Sexta, 15 de Junho de 2018

Não foi um jogo fácil. O Uruguai sofreu para vencer o Egito na estreia da Copa do Mundo da Rússia, nesta sexta-feira (15), em Ecaterimburgo. Craque da seleção africana, Salah não entrou em campo e, do banco de reservas, viu os astros da Celeste, Cavani e Suárez, lamentarem muitos gols perdidos. O triunfo foi garantido por um zagueiro. Aos 44 minutos do segundo tempo, Giménez fez o gol da vitória de 1x0. 

A primeira investida foi do Uruguai. Aos sete minutos, Cavani chamou o goleiro El Shenawy para o jogo ao chutar da meia-lua. No lance seguinte, foi a vez do Egito chutar a gol pela primeira vez com Trezeguet. Depois, Suárez tabelou com Nández, mas finalizou mal.

O camisa 9 perdeu nova oportunidade aos 23 minutos, quando ficou de cara para o gol após cobrança de escanteio, mas bateu com a canela e mandou para fora. Mais do que jeito, do lado da seleção africana faltava força. Na área, Mohsen girou e bateu sem dificultar o trabalho do goleiro Muslera. 

No segundo tempo, pressão do Uruguai. Logo nos primeiros segundos, Cavani deixou Suárez na cara do gol. O centroavante bateu cruzado, mas o goleiro El Shenawy defendeu com o joelho. Com menos oportunidades, o Egito só chegou com perigo aos 26 minutos quando Fathi mandou uma bomba e fez o goleiro Muslera trabalhar.

Na sequência, blitz do Uruguai. Em dia pouco inspirado, Suárez desperdiçou mais uma boa chance. Após passe açucarado de Cavani, ele ficou cara a cara com o goleiro e demorou para chutar.

O Egito tentou mais uma vez com Elneny, por cobertura, mas o jogador africano mandou pra fora. Em mais uma investida da Celeste, Suárez deixou de cabeça para Cavani, que acertou em cheio, porém, mais uma vez, El Shenawy fez bela defesa. Na sequência, o próprio Cavani acertou o travessão. 

O gol estava reservado para José Giménez. Aos 44 minutos, o zagueiro testou firme após cobrança de falta de Sánchez e garantiu o primeiro triunfo do Uruguai na Copa do Mundo da Rússia: 1x0.

O Uruguai estreou na Copa com: Muslera, Guillermo Varela, Godin, Giménez, Martín Cáceres; Nandez (Carlos Sánchez), Bentancur, Vecino (Torreira) e Arrascaeta (Cristian Rodríguez); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

O Egito jogou com: El Shenawy, Fathy, Gabr, Hegazy e Abdelshafy; Elneny, Hamed (Morsy), Warda (Ramadan Sobhi), El Said e Treziguet; Mohsen (Kahraba). Técnico: Héctor Cúper.

Informações: Correio
Popular

Pages