Goleiro Egípcio se tornou o atleta mais velho a disputar uma Copa - Tupi Martim

Resumo

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Goleiro Egípcio se tornou o atleta mais velho a disputar uma Copa

Segunda, 25 de Junho de 2018

A Copa do Mundo é uma competição tão especial, que até mesmo um jogo que já não valia mais nada em termos de classificação, pôde proporcionar uma marca histórica para o torneio. Na derrota do Egito para a Arábia Saudita por 2x1, o goleiro El-Hadary, de 45 anos, se tornou o atleta mais velho a disputar um Mundial.

Ele superou o também goleiro Mondragón, detentor do posto desde a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, quando entrou no lugar de Ospina aos 40 minutos do segundo tempo diante do Japão. A Colômbia já vencia a partida por 4x1 e na época ele tinha 43 anos.

O Egito encerrou sua participação na Rússia, sua terceira Copa, sem conseguir vencer um jogo sequer, o que seria inédito para os africanos. El-Hadary, por sua vez, fez tudo o que pôde em campo e viveu seu grande momento ao defender um pênalti cobrado por Al-Muwallad, aos 40 minutos do primeiro tempo, quando sua equipe ainda vencia a partida por 1x0.

Foi a sua estreia e despedida no maior torneio de seleções do mundo, que encerrou com grande dignidade a sua história na seleção, iniciada em 1996, há 22 anos. Entre outros feitos na longa carreira, El-Hadary conseguiu até marcar dois gols. Um deles no ano passado, de pênalti, pelo Al-Taawoun Football Club.

Informações: Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular

Pages