Encontro de Compositores se consolida como o evento da música autoral do Litoral Sul - Tupi Martim

Resumo

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Encontro de Compositores se consolida como o evento da música autoral do Litoral Sul

Segunda, 18 de Junho de 2018



    Novas letras, novas melodias, novos nomes, novas oportunidades de apreciar novas composições. O Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia chega ao fim após quatro mostras mensais realizadas no Teatro Municipal de Ilhéus, que somaram mais de 70 canções apresentadas por 16 atrações de sete municípios.

Em nome da música autoral produzida no território de identidade, o Encontro, além de reunir nomes já conhecidos na cena musical, também levou ao palco compositores que começaram a criar há pouco tempo, mas que chamaram atenção da curadoria do evento pela qualidade das suas criações. 

De março a junho, o samba, o folk, o rock, o rap, e a MPB conviveram juntos e misturados a cada abrir e fechar das cortinas. Reflexões sobre o amor, os sonhos, a vida cotidiana, o cenário político e social, se transformaram em letras embaladas por arranjos próprios que, por sua vez, embalaram o público, que somou mais de 800 pessoas nesta edição.

Foram oito compositores individuais e oito bandas: Raoni Veloso (Itabuna), Lunna MV (Ilhéus), Moses (Buerarema), Elisa Cunha (Itabuna), Andreshons (Ilhéus), Ronara Criola (Itacaré), Laís Marques (Uruçuca), Diego Shaun (Camacã), Cabruca (Ilhéus), Zem Trio (Ilhéus), Intuito Neutro (Ilhéus), Jacau (Itabuna), KBSativa MC’s (Itabuna), Drink de Mandrak (Itabuna), Pecados Capitais (Coaraci), Márcia Góes e Sob Medida (Ilhéus).

“É importante sabermos o que os artistas da região estão produzindo, melhor ainda, com uma produção como essa, pois foram verdadeiros shows!”, comentou o relações públicas, Thiago Brito, espectador da última mostra, que aconteceu no dia 14 de junho.

Depois de realizar 10 mostras entre 2015 e 2016 apenas com compositores do eixo Ilhéus-Itabuna, o projeto, que este ano teve apoio do Governo do Estado, ampliou o recorte territorial, abriu espaço para os 27 municípios que compõem o Litoral Sul e recebeu quase 70 inscrições de nove municípios. 

Os produtores Eloah Monteiro e Cabeça Isidoro, comemoram o resultado do evento e são unânimes na percepção de que cada vez mais eventos como este trazem impactos positivos para a cadeia produtiva da música, seja divulgando os compositores, formando platéia para a música autoral, e ainda, fortalecendo a trajetória musical para os artistas galgarem outros espaços.

Formação de novos compositores

Além das mostras, o evento promoveu, na Academia de Letras de Ilhéus, uma ação formativa que resultou em quatro turmas da Oficina gratuita de Composição Musical. Ao todo, cerca de 50 jovens da rede pública de ensino aprimoraram a arte de criar canções, com facilitação dos músicos Danilo Nascimento e Lula Soares Lopes.

Como resultado das aulas, os participantes apresentaram, na abertura de cada mostra, uma música inédita produzida na oficina. “Meu sonho é ser cantora. Participar como eu participei, apresentando uma música criada pela turma no palco do Teatro Municipal, foi inesquecível!”, conta a estudante da Fundação Fé e Alegria, Emily Batista.

O Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia foi selecionado no Edital Setorial de Música de 2016 e teve apoio financeiro do Governo do Estado, por meio da Fundação Cultural do Estado da Bahia,  Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e  Secretaria de Cultura da Bahia. Contou, também, com o apoio cultural do Criadouro Soluções Culturais, Quantum Agência de Publicidade, Academia de Letras de Ilhéus, Aldeia Norte Produtora, Secretaria de Cultura de Ilhéus, FAEG-Sul, Barrakítika, Gabriela FM e Ilhéus FM. Mais informações no site www.encontrolitoralsul.com.br

Fotos: Ana Lee

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular

Pages