Aumenta número de mortos nos protestos em Gaza; jornalista está entre as vítimas - Tupi Martim.Com

Resumo

sábado, 7 de abril de 2018

Aumenta número de mortos nos protestos em Gaza; jornalista está entre as vítimas

Sábado, 07 de Abril de 2018

Colegas do jornalista Yasser Murtaja, morto no conflito, carregam seu corpo durante funeral em Gaza. (Foto: Suhaib Salem/Reuters)

O número de vítimas por disparos do Exército israelense na sexta-feira (6) na Faixa de Gaza aumentou para dez mortos, incluindo um jornalista, além de cerca de 500 feridos por balas, anunciou na madrugada deste sábado (07/04) o Ministério da Saúde palestino.

"Houve dez mártires e 1.354 feridos, incluindo 491 feridos por balas e explosivos, 33 dos quais estão em estado grave", afirmou o porta-voz do ministério em Gaza. Um dos mortos é um jornalista que estava identificado, usando um colete à prova de balas, informou a mídia palestina.

O videojornalista e fotógrafo palestino Yasser Murtaja, de 31 anos, morreu e outros sete repórteres ficaram feridos por disparos israelenses quando trabalhavam na cobertura dos protestos na fronteira entre Gaza e Israel, confirmaram fontes médicas e jornalísticas.

Jornalista usava colete à prova de balas com a identificação de imprensa. (Foto: Suhaib Salem/Reuters)

Murtaja, que trabalhava para a agência local Ein Media, "morreu pelos ferimentos sofridos por atiradores da ocupação [israelense] enquanto cobria os eventos da Marcha do Retorno, no leste de Gaza, na tarde de sexta-feira", confirmou o sindicato de jornalistas, em comunicado divulgado pela agência palestina de notícias Wafa.
Outros sete repórteres ficaram feridos no que o sindicato qualificou de "insistência do Exército de ocupação em continuar cometendo crimes deliberados contra jornalistas palestinos" e de "tê-los como alvos".

Informações do G1
Popular

Pages