Confusão após baile funk na Penha deixa 76 pessoas feridas - Tupi Martim

Resumo

domingo, 11 de março de 2018

Confusão após baile funk na Penha deixa 76 pessoas feridas

Domingo, 11 de Março de 2018

Frequentadores assustados correram e muitos ficaram feridos (Foto: Reprodução Facebook)

Uma confusão deixou ao menos 76 pessoas durante um baile funk na comunidade Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte do Rio. 

A direção do Hospital Estadual Getúlio Vargas, que fica no mesmo bairro, informou que as dezenas de pacientes foram atendidos a partir das 3h na unidade de saúde. Até a tarde deste domingo, quatro pacientes permaneciam internados.

No Facebook, frequentadores da festa batizada de "Baile da Gaiola" relataram momentos de desespero. Alguns deles disseram que sofreram queimaduras com óleo quente. Na mesma rede social, um DJ chamado Renna da Penha publicou um vídeo comentando o tumulto.

"O que aconteceu: blitz em porta de baile é totalmente normal. Todo mundo sabe que polícia faz blitz em porta de baile. O que aconteceu é que um meliante tentou furar a blitz, e os policiais deram tiro para o alto e todo mundo correu. Mas isso foi muito longe da favela, foi na pista", relatou Rennan.

A Polícia Militar, no entanto, informou que não houve operação ou ação na região. Segundo a corporação, os comandos do 16ºBPM (Olaria) e da UPP Vila Cruzeiro "não foram acionados para intervir na situação relatada, assim como não houve operação ou ação policial no local na madrugada deste domingo".

O DJ segue a declaração dizendo que pessoas "de fora", Cabo Frio e Minas Gerais, por exemplo, ficaram nervosas com a situação e começou uma correria. Na confusão, Rennan diz que produtores foram derrubados e mais gente se machucou.

Fonte: G1
Popular

Pages